Adobe adere ao HTML5

Depois da guerra anunciada entre a Apple e a Adobe, esta, inteligentemente, resolveu abrir a guarda e adotar em alguns de seus conteúdos a linguagem HTML5.

Para isso, a Adobe se uniu à empresa Greystripe, especializada em aplicativos para dispositivos móveis, que irá criar uma aplicação que vai converter os conteúdos de flash para HTML5. O que isso significa? Com isso os usuários fanáticos pela “maçã” vão poder enxergar em seus iPads, iPods Touch e iPhone, todos os tipos de conteúdo, inclusive com flash.

Ponto para a Adobe que percebeu que iria perder clientes para a Apple, que vem ampliando mercado com seus novos brinquedinhos.

Briga de gigantes

A Adobe resolveu comprar a briga com a Apple de uma forma inusitada e inteligente. Esta semana, a detentora do flash, motivo da discussão, saiu com alguns anúncios com o slogan de campanha “Nós amamos a Apple” (“We love Apple”). A divulgação foi feita nos nos sites Wired, Engadget e New York Times e uma página inteira no Washington Post.

No anúncio, a Adobe diz: “Nós amamos a Apple. Amamos Flash e HTML5. Amamos nossos três milhões de desenvolvedores. O que não amamos é que alguém leve sua liberdade sobre o que você cria, como cria e o que experimenta na web”.