Conexões móveis

Pesquisa divulgada recentemente pela 3G Americas aponta que a América Latina ultrapassa os 500 milhões de conexões móveis. Os dados, divulgados na última terça, 9, fazem referência ao balanço de 2009 sobre a evolução da tecnologia celular GSM no mercado mundial.

Para melhor compreensão, seguem alguns números da pesquisa:

No fim de 2009, a família GSM de tecnologias registrou:

  • 91% de participação do mercado GSM-HSPA* na América Latina
  • 60 redes banda larga móvel HSPA nas Américas, em 52 países
  • 602 milhões de assinaturas no Ocidente no final de 2009, 15% acima do número registrado no final de 2008(dados de assinaturas informadas pela Informa Telecoms & Media)
  • A UMTS-HSPA foi a tecnologia de banda larga móvel de maior crescimento no Ocidente, com o número de assinaturas aumentando em 136%, para 64 milhões

Tais números só vêm confirmar o potencial de crescimento e alcance de mercado das conexões móveis. Para se ter uma ideia, os estudiosos que elaboraram tal pesquisa, preveem 1 bilhão de assinaturas HSPA no mundo inteiro até meados de 2012 e 2 bilhões até 2015.  

*Groupe Special Mobile (GSM) ou Sistema Global para Comunicações Móveis; e arquitetura de tecnologia móvel de terceira geração: High Speed Packet Access (HSPA)

Mais informações: 3G Americas

Anúncios

Ampliação de BL

O governo federal anunciou ontem (terça, 24), a proposta que prevê a ampliação de banda larga(BL) no Brasil em 30 milhões de acessos até 2014. O documento do Plano Nacional propõe o crescimento de acesso nas áreas rurais e urbanas em cinco anos. Segundo dados do Ministério das Comunicações, em dezembro de 2008 a banda larga fixa atingia 9,6 milhões de pessoas.

A proposta contempla ainda a meta de atingir 60 milhões de acessos à banda larga móvel e implantar 100 mil novos telecentros comunitários no País.

Além disso, o plano prevê que 100% dos órgãos dos governos federal, estadual e municipal, as 177 mil unidades de saúde, as mais de 10 mil bibliotecas públicas, os 14 mil órgãos de segurança e todas as 70 mil escolas públicas em áreas rurais devam receber a banda larga até 2014.

Fonte: Agência Brasil – www.agenciabrasil.gov.br

Intel e Nokia

 

As empresas agora (desde esta terça, 23) são parceiras para o desenvolvimento de tecnologias móveis. Fiquei feliz com a notícia. Pois, certamente, teremos pela frente ótimos resultados, com os quais poderemos ampliar nosso “potencial móvel”.

Duas gigantes da tecnologia – Intel, na área de desenvolvimento de chipsets e processadores capazes de ampliar a capacidade e velocidade de nossos PCs e Notes; e a Nokia, líder no segmento de telefonia, dispositivos móveis – aliadas para unir ainda mais a Internet aos telefones e computadores móveis. Só devemos esperar boas notícias desta parceria.

A ideia, segundo divulgado,  é combinar o desempenho de computadores já robustos (com alta capacidade de processamento) com as comunicações de banda larga móvel de alta velocidade e com a conectividade “permanente” à Internet. Além disso, as empresas trabalharão projetos móveis com código aberto Linux.

Bill Gates e as demais concorrentes que se preparem!

Banda B

O outro lado da banda larga. Nada de novo. Apenas a consequência natural da concorrência e do serviço oferecido pelas nossas operadoras de telefonia.

Com o crescente número de adesões aos pacotes de banda larga ofertados, agora os consumidores insatisfeitos correm ao Procon alegando que a velocidade de conexão não alcança o “propagandeado”.

E agora José? A Anatel recomenda transparência no anúncio de tal serviço. O Procon orienta à pesquisa comparativa antes de optar por uma operadora.

Plano de alto consumo

A TIM lançou na quinta (9) um novo plano voltado para clientes de alto consumo. Quem assinar o “Da Vinci” poderá escolher entre os aparelhos Blackberry Storm, iPhone 3G 8Gb e HTC Diamond.

Aqueles que utilizam o serviço BlackBerry recebem também a assinatura ilimitada do serviço e a navegação GPS gratuitas. 

O preço? A assinatura mensal do plano é de R$ 899.

A operadora não criaria um plano deste tipo caso não houvesse demanda. Viva!! E quem falou em crise?!

‘Banda larga’ no Senado

 

Gente, não fosse trágico… acabo de assistir no jornal da Band que os parlamentares gastam quase R$ 6 mil por mês[nosso dinheiro!] em contas de celulares. Pasme! Não têm limite. Exemplo: o valor de uma das contas do senador Tião Viana (PT)  vazou e ele devolveu ontem (quinta, 9) a quantia de R$ 14,7 mil. Detalhe: a filha dele foi quem estava usando o aparelho, em viagem ao México.

Ao todo, segundo a matéria, são 232 aparelhos distribuídos entre parlamentares e secretários. Enquanto aqueles não têm limite.. não apenas de contas, estes dispõem de R$ 300 ao mês para bancar a conta da telefonia móvel.

A indicação de redução de custos em tempo de crise parece ter chegado apenas para nós!!

Good and bad news

 

Hoje foram anunciados novos dados da receita operacional das empresas de telecomunicações. A pesquisa da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) apontou uma arrecadação recorde (R$ 177,7 bilhões em 2008, produção que equivale a 6,1% do PIB). Enquanto isso, estudo da agência Reuters prevê redução na venda de aparelhos no mercado mundial e consequente prejuízo dos fabricantes. Um destes é a Nokia, que deve apresentar resultado negativo.

Falando nela… o Ministério Público da Bahia entrou com ação contra a Nokia nesta quarta. Isso porque a empresa não possui assistência técnica em Salvador. Agora o MP quer a abertura de 10 lojas de assistência na cidade ou terá uma multa diária de R$ 50 mil. Atualmente os aparelhos danificados vão por correio para unidades de outros Estados.

Depois das news boas e ruins… vem a campanha. Ainda a Telebrasil: a associação pretende fazer uma mobilização nacional em prol da desoneração da banda larga móvel. Em tempo! E que ponham os olhos nos preços praticados na Bahia.